Tendências que irão dominar 2017

O post a seguir é uma adaptação do artigo original “7 Social Media Marketing Trends That Will Dominate 2017”, de Jayson DeMers para a Forbes.com.

Todo ano eu faço previsões sobre o os potenciais desenvolvimentos no mundo do social mediam marketing no ano que se inicia. E, todo ano, tenho que olhar para trás e rir um pouco de todos aqueles que reivindicaram o social media marketing como somente um capricho enquanto era menor há alguns anos.

Está claro agora que social media marketing é algo que chegou para ficar, e esse poder massivo de conquistar seu espaço pode ser atribuído a uma característica-chave: o fato de que o social media segue trazendo engajamento. Isso é uma resposta aos novos aparelhos mobile, constantemente superando expectativas dos usuários e competindo entre si para trazer a nós cada vez melhores benefícios.

Então o que 2017 reserva para nós diante do social media marketing?

1. A evolução dos Snaps vão resultar em oportunidades interessantes

Primeiramente, gostaria de mencionar a enorme evolução que o Snapchatagora chamada Snap – tem sofrido, e para onde isso pode direcionar o futuro. Até agora, o Snap já transformou as expectativas dos usuários e as maiores tendências no universo do marketing social. Também ajudou a trazer de volta um conteúdo ao vivo mais focado em momentos, o que facilita o desenvolvimento de mais aplicativos centrados no mobile e introduz vídeos verticais para o mainstream.

Mas agora está procurando desenvolver produtos fora dos meios principais de troca de mensagens, introduzindo óculos reais para ajudar seus usuários a captar informação visual em primeira pessoa. Podemos esperar coisas grandiosas para 2017 dessa recentemente renomeada companhia, e imensas oportunidades de marketing a partir disso.

2. A fadiga do Twitter vai piorar

O Twitter não está tão quente. As pessoas têm previsto a morte da rede nos últimos anos, mas não estou aqui para para dizer se o Twitter vai ou não sobreviver a mais um ano (e provavelmente vai). Ao invés disso, gostaria de apontar um fator crucial do declínio do aplicativo, o que chamo de “fadiga do Twitter”. A rede construiu-se rápido, com updates do tamanho de sua mordida, mas isso leva a uma barragem de tweets de entrada e também de saída.

Foi uma novela excitante no início, mas agora os usuários estão começando a exigir algo diferente – maior, mais detalhado, mais interessantes partes de conteúdo abastecidas mais devagar, tipo uma vez por dia. Você pode ver essa tendência já surgindo em plataformas como o Instagram.

3. Usuários vão exigir experiências mais imersivas

As pessoas também estão demandando o social media como uma condução à experiências que possam se fazer sentir. Não é mais suficiente postar seus sentimentos sobre algum evento; você deve mostrar aos seus usuários como é estar lá. Você pode fazer isso com recursos como transmissão ao vivo, imagens e vídeos 360º, e até mesmo mais postagens em tempo real. A ideia é fazer seus usuários se sentirem parte genuína da experiência assim que ela está acontecendo.

4. Novas áreas da comunicação irão emergir

Historicamente, o social media existe como um meio para pessoas se comunicarem online. Quando as marcas entraram em cena, isso também se tornou uma forma para conversarem e se promoverem para os consumidores. Mas agora as redes estão evoluindo em novas áreas comunicacionais.

Algumas plataformas estão oferecendo formas de sucesso do cliente, acrescentando significância e interatividade entre suas trocas com os consumidores. Outros, como o Facebook, estão desenvolvendo uma comunicação mais profissional. Podemos esperar por mais diversidade conforme mais marcas se agarram a esses potenciais.

5. Uma Renascença publicitária vai acontecer

A visibilidade orgânica tem decaído um pouco há algum tempo, conforme plataformas tentam restaurá-la para usuários sobre as companhias e organizações. Mas o benefício secundário para plataformas sociais é que isso força mais companhias a apostarem na publicidade paga.

O aumento da concorrência e pressão para se tornar (ou se manter) rentável tem feito as plataformas sociais surgirem com mais engenhosas e criativas opções de publicidade para negócios. Essa combinação de fatores pode levar a um novo ressurgimento nos anúncios em redes sociais em 2017.

6. Inspiração e imaginação irão se tornar pura elegância

Posts práticos ganham muita atenção do consumidor. Quando emocionalmente carregados, os posts têm maiores chances de se tornarem virais. Posts inspiracionais e imaginativos também estão começando a fazer suas aparições como ainda mais fortes candidatos ao sucesso em social media. Eles são normalmente artísticos por natureza, oferecendo aos usuários algo bonito em oposição a algo pragmático ou reativo.

Também força a separação de todo tipo de posicionamento de empresa ou publicidade, dando aos usuários algo verdadeiramente valioso. Em 2017, será de grande valor renunciar algumas pretensões aqui, e simplesmente postar imagens e sentimentos fascinantes.

7. Marcas irão escolher plataformas sociais de acordo com a sobrevivência do mais forte

Todo ano novas plataformas de social media emergem para tentar e romper o status quo ou encontrar seu lugar entre os pesos-pesados das redes. Mas, obviamente, empresários e marqueteiros não podem pular em todas as plataformas que surgem. Ao invés disso, em 2017, vamos ver mais uma tendência à uma busca refinada; melhor do que investir igualmente em cinco plataformas, mais negócios vão encontrar uma plataforma que funcione especialmente para eles, e focar seus esforços nisso. Como resultado, teremos uma melhor estratificação entre as maiores plataformas de nossa era.

Essas são algumas das mais importantes tendências em minha previsão para o social media em 2017. Ainda permanecerá a força por todo conteúdo ou estratégia de SEO, isso é algo mais do que essencial para o marketing de qualquer negócio dentro de todo budget possível.

Você não precisa incorporar todas essas tendências em sua estratégia para esse ano, mas existe uma boa chance de que elas irão trazer benefícios até mesmo se testá-las.

Novamente, previsões nesse ramo são tênues – então só nos resta esperar e ver essas tendências de social media marketing surgindo no horizonte.

Fonte: Site Comunique-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *